Tuesday, April 30, 2013

Leek Soup // Sopa de alho francês

I wish I could remember the first time I had this soup. 

I remember who made it (a friend of my parents'), I remember where I had it (in his kitchen), I remember who was there (my parents and I, my parents' friends and their kids), I most certainly remember his pride repeating every ingredient carefully, while promising me I would never love another soup as much as this one (indeed: the power of suggestion is amazing, my dear marketing friends), but I can't quite seem to pinpoint the date or the event in itself. It must have been an important day, to be having dinner there. One of those days with colourful desserts, laughter, coffee cups, gifts and a creamy soup at the end of the evening. But all that still remains in my memory is... this soup. This soup and the pride in the voice of my parents' friend, as he whispered the recipe to my mom and I. I treasure this as much as my parents keep their "wedding biscuit" (or half of their wedding biscuit, as I ate half of it as a kid when I discovered it lying on a shelf one day).

This is the time to pass this simple recipe on to others. And beware: it may be simple, but you will hardly love another soup more than this one.

Bring 1 litre and a half of water to a boil and then add 2 diced leeks and 2 diced carrots, 2 onions and 5 large potatoes cut in quarters. Sometimes I add some olive oil, but this time I didn't. Let everything boil for about 30 minutes. 

In the meantime, add 2 eggs to simmering water in a saucepan and let them cook for about 8 minutes. Peel them in cold running water and slice them (use an egg slicer for a prettier effect). 


Done? Good. Just in time to get back to the soup! Turn down the heat and use an immersion blender. Add a pinch of salt and taste. Let it heat about 5 minutes more. 

Serve it with some egg slices.  


And you? Were there any moments which you have failed to keep vivid in your mind, and can only get a faint memory of through food?

Don't forget to follow TRENDING RECIPES on FacebookTwitter, and Instagram.

...

Quem me dera conseguir lembrar-me da primeira vez que provei esta sopa.

Lembro-me de quem a fez (um amigo dos meus pais), lembro-me de onde a provei (na cozinha dele), lembro-me de quem estava lá (os meus pais e eu, os amigos dos meus pais e os filhos deles), lembro-me definitivamente do orgulho dele ao repetir cada ingrediente cuidadosamente, enquanto me prometia que nunca mais ia amar uma sopa como esta (de facto: o poder da sugestão é fantástico, caríssimos amigos da área do marketing), mas não consigo identificar lá muito bem a data ou o acontecimento em si. Deve ter sido um dia importante, para lá ter jantado. Um daqueles dias com sobremesas coloridas, risos, chávenas de café, presentes e uma sopa cremosa no final da noite. Mas tudo o que ainda permanece na minha memória é... esta sopa. Esta sopa e o orgulho na voz do amigo dos meus pais, enquanto sussurrava a receita ao ouvido da minha mãe e ao meu. Dou-lhe tanto valor quanto os meus pais dão ao seu "biscoito de casamento" (ou a metade dele, já que comi metade quando era pequena quando o descobri um dia numa prateleira).

Esta é a altura para passar esta receita simples a outros. E tenham atenção: pode ser simples, mas dificilmente vão amar mais uma sopa que esta.

Ferve 1 litro e meio de água e adiciona 2 alhos franceses e 2 cenouras às rodelas, 2 cebolas e 5 batatas grandes cortadas aos quartos. Por vezes acrescento um pouco de azeite, mas desta vez não. Deixa ferver durante cerca de 30 minutos. 

Entretanto, adiciona 2 ovos a água em ebulição numa caçarola e deixa-os cozinhar durante cerca de 8 minutos. Descasca-os em água corrente fria e corta-os às fatias (usa um cortador de ovos cozidos para um efeito mais bobito). 

Já está? Óptimo. Mesmo a tempo para regressares à sopa! Apaga o lume e usa uma varinha mágica. Adiciona uma pitada de sal e prova. Deixa aquecer mais cerca de 5 minutos. 

Serve com algumas fatias de ovo.  

E tu? Houve alguns momentos que fracassaste em manter vívidos na tua mente, dos quais consegues apenas ter uma memória pálida através de comida?


Não se esqueçam de seguir o TRENDING RECIPES no Facebook, no Twitter, e no Instagram.

25 comments:

  1. Replies
    1. Com estes dias mais frios, é só no que penso.

      Delete
  2. Um bela sopa, com este frio sabe tão bem.
    Bjs

    ReplyDelete
    Replies
    1. Bom dia! Foi precisamente o que disse agora: é só no que penso, durante estes dias. Beijinhos e que venham dias mais quentes!

      Delete
  3. So warming and delicious :D

    Cheers
    Choc Chip Uru

    ReplyDelete
    Replies
    1. Portugal has been under some cold weather in the past few days: there's nothing that warms me up more than this (ok, if you forget mac and cheese... or a stew... or... ;) )

      Delete
  4. I like the look of those egg slices!

    ReplyDelete
    Replies
    1. I used to add the eggs "in" the soup, but now i find they're much prettier this way: boiled, sliced and added just before serving. :)

      Delete
  5. Olá Alex,obrigada pela visita em meu blog e pelo comentário.Adorei seu blog e já estou seguindo.bjs,violeta

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelas palavras, Violeta! Boa semana!

      Delete
  6. Pela descrição que fizeste saboreei-a mesmo sem a provar! Como bem dizes, o poder da sugestão consegue tudo.
    E os ovos a terminar são o toque final!

    beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, Catarina! Ah, e antigamente juntava azeite, mas desde que uma vez me esqueci e gostei muito mais do sabor, foi ingrediente que bani nesta sopa cá em casa. Beijinhos!

      Delete
  7. I sometimes make a similar leek soup, but the egg garnish is new to me. Love the idea! It really adds a lot of eye appeal (not to mention flavor!) to the soup. Great recipe - thanks.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Thank you!

      The first time my parents' friend mentioned the eggs (he added them boiled, cut in quarters, in the soup), I went "what? is he mad? egg in the soup? no way I'm eating THAT". Then i tasted it. Wow. The warmth of the egg really balances the sharp taste of the leek. Adding egg slices just before serving was a recent addition of mine: I just think it is prettier.

      Delete
  8. Adoro sopa de alho francês! :) Cremosa e aveludada, das minhas favoritas.
    E há momentos que nos lembramos tão bem por relacionar com comidas, e cheiros de refeições, pequenas lembranças de infância envolvidas em comida de conforto e que nunca esquecemos.
    Um beijinho.

    ReplyDelete
    Replies
    1. É verdade, Ginja. Eu sou muito assim. Beijinhos e um excelente fim de semana

      Delete
  9. Que deliciosa sopa! Deu água na boca só de vê-la, assim, tão cremosa! Agradeço a visita e estou retribuindo! Gostei muito do seu blog e das maravilhosas receitas e estou seguindo! Pretendo voltar muitas vezes!
    Bjos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelas palavras, Bel. Beijinhos!

      Delete
  10. Bem boa esta sopa :) A minha filha adora ovo cozido assim na sopa!!
    beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Que filha com bom gosto, Xana! :P Eu sempre que me lembro da careta que calculo que fiz na primeira vez que ouvi "sopa com ovo" só me rio. Beijinhos!

      Delete
  11. Olá Alex,

    Ainda apetecem sopinhas deliciosas, como essa tua ficou, por aqui...
    Gosto imenso de alho francês, enriquece tudo onde é incluido, por isso olha, arranja-me aí um pratinho dela ! :)

    Beijinhos

    Isabel

    ReplyDelete
    Replies
    1. Arranjando.... arranjando.... a enviar.............. ;)

      Beijinhos, Isabel!

      Delete
  12. Mas que bom aspecto tem esta sopa!
    Vou ter que experimentar. ;)

    Jota
    http://searchncook.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Muito obrigada, Jota. Acho bem: recomendo!

      Delete