Wednesday, February 20, 2013

Stuffed eggs in tomato and beer sauce // Ovos recheados com molho de tomate e cerveja

If you ask me to tell you one of my favourite dishes, you'll see no hesitation in my answer: francesinha. Francesinha is a sandwich originally from Porto, in the north of Portugal - some say it is a version of the French croque-monsieur -, and it's in Porto and its outskirts that you can find the best ones (in popular restaurants and snack-bars). 

Francesinha has ham, linguiça, steak, and is covered with melted cheese and an addictive tomato sauce with fries on the side. A "francesinha especial" has a fried egg on top. You're supposed to drink beer with it. Some people prefer a spicy sauce, others say the spicier it is, the more reasons you have not to trust the sauce - the sauce is indeed the secret and the subject of many discussions about which is the best francesinha in Portugal. There are all sorts of versions: with beef, with pork, even with prawns. A dish inspired in the francesinha and with a growing popularity is the "cachorro molhado" (wet hot dog): a hot dog with francesinha sauce. Most of all, it's a symbol. A symbol of the north, its cooking and its power.

Love it or hate it, you just can't come to or live in Portugal without trying it at least once (or at least twice a month, in my case).

This is my lighter version of it - it doesn't have any steak or linguiça (or ham, which I don't really enjoy), but hopefully you'll be left with the feeling that you've just had a francesinha in the end. With something as simple as stuffed eggs in tomato and beer sauce.
Fry some bacon (only a couple of pieces) and reserve.
Place a bread slice per person in an oven-proof dish, with a thin slice of spicy sausage on top.

Spot the differences.
Boil the eggs - 1 per person. When they are hard-boiled, cut them in half and take the yolk out. Blend the egg yolks with 2 tablespoons of mayonnaise, 1 teaspoon of mustard, some parsley, and a pinch of salt. 



Add the bacon and blend it quickly in a couple of seconds, so you will chop it but not too much.
Fill the holes left by the egg yolks you took with the mixture. Place them on the bread slices.


Top it with mozzarella.
Start frying the potatoes and making the sauce then. 
For the sauce: in a pan, pour some olive oil and add half an onion, chopped, and 3 garlic cloves, also chopped. Let them cook until they start to soften. Add 20ml of beer. After a couple of minutes, add a teaspoon of hot sauce, 200g of tomato sauce and 15ml of liquor (I used fig liquor; you can also use Port wine). Let it cook for about 10 to 15 minutes, until it thickens.

What's black and white and read all over?
Put the oven-proof dish in the oven and turn the top part on to 160ºC for a couple of minutes until the cheese starts to become golden.
With a blender, turn the sauce into a puree and pour it into a serving plate so people can cover their toasts with it.



Enjoy!

...
 
Se me pedirem para vos dizer um dos meus pratos preferidos, não vão ver qualquer hesitação na minha resposta: francesinha. A francesinha é uma sandes originalmente do Porto, no norte de Portugal - alguns dizem que é uma versão do francês croque-monsieur -, e é no Porto e arredores que conseguem encontrar as melhores (em restaurantes populares e snack-bars). 

A francesinha tem fiambre, linguiça, bife, e é coberta com queijo derretido e um molho de tomate viciante com batata frita a acompanhar. Uma "francesinha especial"tem um ovo estrelado a cavalo. É suposto beber-se cerveja com este prato. Algumas pessoas preferem um molho picante, outros dizem que quanto mais picante for mais razões há para não confiarmos no molho - de facto o molho é o segredo e o assunto de muitas discussões acerca de qual é a melhor francesinha em Portugal. Há todo o tipo de versões: com carne de vaca, com carne de porco, até com camarão. Um prato inspirado na francesinha e com crescente popularidade é o cachorro molhado (cachorro com molho de francesinha). Acima de tudo, é um símbolo. Um símbolo do norte, da sua gastronomia e do seu poder.

Goste-se ou odeie-se, não podem vir a ou viver em Portugal sem experimentar uma francesinha pelo menos uma vez (ou pelo menos duas vezes por mês, no meu caso).

Esta é a minha versão mais leve - não tem bife nem linguiça (ou fiambre, que não aprecio), mas espera-se que no fim fiquem com a sensação que acabaram de comer uma francesinha. Com algo tão simples como ovos recheados com molho de tomate e cerveja.
Frita algum bacon (apenas uns pedaços) e reserva.
Coloca uma fatia de pão por pessoa numa travessa, com uma fatia de chourição em cima.

Coze os ovos - 1 por pessoa. Quando estiverem bem cozidos, corta-os ao meio e tira as gemas. Mistura as gemas com 2 colheres de sopa de maionese, 1 colher de chá de mostarda, alguma salsa e uma pitada de sal.
Adiciona o bacon e mistura rapidamente em alguns segundos, para que fique picado mas não demasiado.
Enche o espaço vazio deixado pelas gemas que tiraste com a mistura. Coloca-os em cima das fatias de pão.
Cobre com mozzarella.
Começa a fritar as batatas e a fazer o molho. 
Para o molho: numa caçarola, coloca algum azeite, meia cebola picada e 3 dentes de alho também picados. Deixa cozinhar até começarem a amolecer. Adiciona 20ml de cerveja. Alguns minutos depois, acrescenta uma colher de chá de molho picante, 200g de molho de tomate e 15ml de licor (usei de figo; também se pode usar vinho do Porto). Deixa cozinhar por 10 a 15 minutos, até engrossar.
Coloca a travessa no forno e liga a parte de cima a 160ºC durante alguns minutos até que o queijo comece a ficar dourado.
Com uma varinha mágica, transforma o molho em puré e serve-o num prato à parte para que as pessoas possam regar as suas tostas com ele.
Bom apetite!

35 comments:

  1. This is something new to me! Looks delicious and the egg filling sounds good! I think I could eat the egg just as it is!

    ReplyDelete
    Replies
    1. They're great without the sauce. One can play with as many ingredients as we love: tuna, ham, seasonings... The sauce just brings it all together (and people can pour as much as they like) and give some moisture to the bread.

      Delete
  2. Hummmm...mon Dieux quelle délice ma cher amie, j'aimerais bien goûter!

    Bisous

    ReplyDelete
    Replies
    1. You really have to try it! Bisous!

      Delete
  3. Gostei da ideia pois gosto muito de ovos.
    bjs

    ReplyDelete
    Replies
    1. E quem adora francesinha ou pratos com os mesmos sabores acaba por experimentar sabores que lhe fazem vir à memória a original.... mas numa versão bastante mais soft. Só o ovo ser cozido já é meio caminho andado. Beijos.

      Delete
  4. Essa ideia agradou-me imenso!!! E eu adoro ovos!!
    O aspecto está mesmo tentador :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ainda bem, Xana, fico muito contente. :) Boa semana!

      Delete
  5. Vou ter que experimentar, acho que vai fazer muito sucesso!
    beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu tenho a certeza que sim! Beijinhos!

      Delete
  6. Bom dia Alex,
    A francesinha é famosa, está sua versão ficou com uma apetitosa apresentação e é sem dúvida muito saborosa, sendo um lanche ou refeição prático e leve.
    Beijo,
    Vânia

    ReplyDelete
    Replies
    1. É a pensar naqueles dias em que "apetece mesmo francesinha mas não sou capaz de comer uma inteira agora". :) Beijinhos!

      Delete
  7. Oi! Uma versão saborosa da francesinha, de que gosto muito e que não dispenso sempre que vou ao Norte.
    Bjs
    Paula

    ReplyDelete
    Replies
    1. Acho muito bem! É mesmo um petisco incontornável e muitas vezes um belo acto social. :D

      Delete
  8. Também adoro francesinhas, Alex, e lá pela terrinha da Mãe fazem-nas maravilhosamente bem !:)
    Nunca deixo de comer quando lá vou ! :)
    Gostei desta tua versão mais simplista, ficou com um delicioso aspecto ! :)

    Beijinhos

    Isabel

    ReplyDelete
    Replies
    1. Acho muito bem! Eu fiquei viciada. Primeiro pelo sabor, agora muito pelo acto social em si. "Ir às francesinhas" é uma saída fenomenal, que culturalmente falta noutras zonas. :) Esta versão tem muito a ver com eu às vezes ter vontade de comer francesinha mas não ter apetite para tanto. Assim tenho o melhor dos dois mundos. :P Beijinhos!

      Delete
    2. De facto uma francesinha dá quase para duas pessoas, é quase um almoço e jantar ! :)

      Beijinhos

      Delete
  9. That sounds and looks like a delicious sauce.

    ReplyDelete
  10. Oi Alex, vim agradecer sua visita a meu blog, seja muito bem vindo.Quantas delicias.Esta mistura de sabores deve ter ficado fantastica.Beijos querido.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Pessoalmente, gosto muito da mistura do molho de tomate apurado com cerveja e licor. Sujeito a adaptações conforme os gostos. ;) Beijinhos.

      Delete
  11. Olá Alex,
    Uma boa francesinha é um petisco e pêras!
    Olha que esta tua versão agradou-me imenso! Nunca me tinha ocorrido brincar com os sabores da francesinha, boa ideia meu amigo!~
    Bjs

    ReplyDelete
  12. Alex, this looks delicious! And that's so interesting about the spicier the sauce, the less one can trust it! :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. I find it really interesting, too, and I've come to realise it's really true. The francesinha sauce has its secrets, and depending on the ingredients and quantities it will taste sweeter, spicier, saltier, etc. But in many places they do go heavy on the hot sauce, which people enjoy, to compensate for the lack of taste or good produce.

      Delete
  13. I love the sounds of Francesinha -- it makes me want to catch the next flight to Portugal (a place I already wanted to go). Thanks for sharing this recipe, as I can't wait to give it a try.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Until you come to Portugal - you'll love it in the summer - really need to look for francesinha recipes and try to make it at home. There's something about it in terms of culture (the heavy sauce, the tasty food) that screams "north of Portugal" and can't quite be reproduced but we can always try. :P

      Delete
  14. Sounds like a wonderful recipe. Great sauce.

    ReplyDelete
  15. Oooh, now that is a stuffed egg!! Love the way you've prepared yours =)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Thanks! Only produce I like allowed. ;)

      Delete
  16. I would love to try this recipe my friend :D

    Cheers
    Choc Chip Uru

    ReplyDelete
    Replies
    1. You really have to. Those who find the sauce a bit heavy will at least enjoy the stuffed eggs, I'm sure!

      Delete
  17. Também não passo o mês sem uma francesinha ou cachorro especial (o nome que se dá por cá para cachorro com molho).
    Gostei muito desta versão.

    ReplyDelete